Loading...

terça-feira, 18 de maio de 2010

CÂNTICO XI



Não desejas o céu.
Nem te acomodas sobre a terra.
Não buscas (nos prazeres)
As falsas irrealidades
Das tuas alegrias fúteis.
Sejas imenso.
Sejas bem elevado
Onde tu possas encontrar o portal do infinito,
Que está (infinitamente)
Dentro de ti mesmo
E que é eterno...





Nenhum comentário:

Postar um comentário