Loading...

terça-feira, 18 de maio de 2010

CÂNTICO IX



Não sejas do mundo
Mais do que uma vaga lembrança.
Seja a tua angústia.
E a tua dúvida.
E a tua procura.
Não procures além de ti
O que em ti mesmo
É complexo,
Metafórico
E diverso.
Sejas deste mundo
Não mais que um tormento disperso ao vento.
Sejas (no teu silêncio amordaçado)
Um oceano de sentimentos.
Tu que és, no âmago,
Os teus sábios pensamentos
De eternidade...





Nenhum comentário:

Postar um comentário