Loading...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

DESVIO



 O amor em demasia
 Estrangulava o desejo insano

 A pressa de ser feliz
 Comprometia as luzes da paixão
 Como luzeiros estelares se incendiando

 Abraços incandescentes
 Estipulavam os versos das ilusões

 Manobras corriqueiras
 Enfeitiçavam os meus olhares
 Como frestas de sóis luzentes emborcadas...

 Manuseios horripilantes
 De desejos febris que se desmascaram

 Num sopro do desvio...

(por Fernando Gomes)


Nenhum comentário:

Postar um comentário