Loading...

quarta-feira, 30 de junho de 2010

DESAFIO

O desprezo do coração:
 Desafio as tuas emoções lânguidas

 Os teus olhares de rapina
 - minha sina céus desarticulados
 Embora pairasse no teu desvelo instigante

 O teu amor já acabou
 Não vou morrer nesta dor armada?

 Desafio as tuas estâncias
 Na esperança descendo o riacho
 Como um soldado de escol sobrevivente

 Perfurei o vácuo da despedida
 - minha alma abduzida ressuscitou luzes!

 A tragédia do teu desamor
 Enlaço febril dos cílios noturnos
 Onde o orvalho fabricava o meu reflorescer

 Ó serpente venenosa
 Desafio a tua cicuta de amor incurável!

(por Fernando Gomes)





Nenhum comentário:

Postar um comentário