Loading...

terça-feira, 29 de junho de 2010

MEUS SONHOS

 Desmancharam-se nos penhascos
 Elucidados, auspiciosamente, de vibrações reais...
 As dores alucinógenas
 Devastaram o ar dos meus pulmões
 Nos corredores impróprios e indeléveis de solidões.
 Os mares engoliram
 Todos os meus pedaços de sonhos decepados
 E absolutamente não vividos.
 Só me restou um sonho de realidade:
 A minha LOUCURA!

(por Fernando Pellisoli)

Nenhum comentário:

Postar um comentário