Loading...

terça-feira, 29 de junho de 2010

POEMETO DE BOLSO

 Eu estou tão carente e tão sozinho
 Que eu já estou conversando com as formiguinhas,
 Já que eu não tenho nenhum vizinho
 Que escute as mágoas que são tão minhas...

(por Fernando Pellisoli)




Nenhum comentário:

Postar um comentário