Loading...

terça-feira, 29 de junho de 2010

CASTIGO

 Pressinto o castigo:
 O meu próprio inimigo mito...

 Eu pequei nesta vida
 E morto e sempre te amarei
 E o enredo do perdão é indefeso defeito

 Sou espírito imperfeito
 E sofrimento é carma divino
 E meu ensino na sabedoria do castigo:
 Cristo do meu Espiritismo em percurso de lucidez...

 Esta luz do altruísmo:
 Castigo é sempre bem merecido

 Amor desvelar
 Neste meu vaso ardiloso:
 Insônia é fruto da falta de vergonha!

 A ausência indecifrável
 E aglutino pensamentos febris
 E a sombra da permanência tresloucada
 Estraçalha o meu coração em pedaços infindos...

 Pressinto o castigo:
 Saudade rancorosa do amor que acabou...

(por Fernando Gomes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário