Loading...

terça-feira, 29 de junho de 2010

RESIGNAÇÃO

 Um poeta resignado:
 Inútil sofredor feio e acabou

 Desviar o rumo do destino
 - peripécias e menino avoado a voar...

 Não subirei os degraus da fama
 Nem deitarei numa cama de rubis-esmeraldas

 O choro da transgressão
 A emoção que veio da tua lua eu amei...

 Estou morrendo
 E na doutrina espiritista
 Vou vasculhando o meu outro lado

 O espiritual...

(por Fernando Gomes)



Nenhum comentário:

Postar um comentário