Loading...

terça-feira, 29 de junho de 2010

BATUCADA

Sambam eternas noites
 E o carrasco do açoite é bambo

 Batucada/palco/folia
 Orgia confabula nos meus pêlos
 Mas a minha índole mal-educada te engole

 A mixagem de olhares:
 Alguém roubou meu amor no escuro...

 Balança a cintura de filó
 Qual é o pó doçura de Copacabana?
 Vem me sambar nesta madrugada férvida

 Ó morena rebola as cadeiras
 E dança sobre o meu corpo insaciável:

 Samba e obscena...

(por Fernando Gomes)




Nenhum comentário:

Postar um comentário