Loading...

domingo, 27 de junho de 2010

ALEGRIA MORTA


o Acordo sempre triste
• Perguntando onde está a alegria,
• Ou onde é que tu viste
• O meu rosto que sorria?
 Não há nenhum resquício
 De alegria no âmago da minha mente,
 Pois sou fruto do vício
 Desta ingente tristeza tão-somente...
 Minha vida é só tormento
 Dilacerando o teor do meu coração,
 E o fio elétrico do sentimento
 Já estancou a minha ação...
 A alegria de um morto-vivo
 É um hospital de dores e alucinações,
 Onde no passado eu revivo
 As ilusões das minhas emoções...
o Perdi a minha alegria de viver
o Na torrente abrupta do meu vil destino,
o E hoje eu só quero morrer:
 A vida assassinou o meu menino...

(por Fernando Pellisoli)

Nenhum comentário:

Postar um comentário