Loading...

domingo, 27 de junho de 2010

O POETA E A DIVINDADE

o Sabes quem é Deus?
 Tens consciência da sua infinidade?
o Um irmão nunca diz adeus
o À ciência da verdade...
 Sabes quem é Deus?
 Tens consciência da sua imutabilidade?
 Os poemas – que são meus,
 São do tecido da eternidade...
 Sabes quem é Deus?
 Tens consciência da sua bondade?
 Só ele sabe o pranto do Eu(s)
 Que restaram da minha mocidade...
 E se eu sofro imensamente,
 É que estou pertinho da felicidade
 Que me espera, tão-somente,
 No verdadeiro mundo: o ESPIRITUAL!

(por Fernando Pellisoli)


Nenhum comentário:

Postar um comentário