Loading...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

VENTOS VENDAVAIS

 Atravessaram silêncios
 Vozes adulteradas de trinômios pulsantes
 Melindrando os velhos lamaçais

 Voaram vórtices de ilusões
 Nos corredores indomáveis da indisciplina
 Destruindo os resquícios da censura

 Estremeceram as palmeiras
 Nos entrelaçamentos de opacas ventanias
 Supliciando ardorosos mancebos

 Emagreceram as vitelas
 Nas ruelas infestadas de doenças infecciosas
 Emudecendo o delírio dos cravos

 Rejeitaram o meu legado
 Na infidelidade doentia dos ofícios velhacos
 Influenciando a vidência dos eunucos

(por Rafael Gafforelli)






Nenhum comentário:

Postar um comentário