Loading...

sábado, 12 de junho de 2010

SOBRE OS DROGADOS


Quando tu estiveres
Na intimidade do teu apreensível pensamento,
Desejando aglutinar o teu mundo
Numa aventura frívola e inconseqüente,
Numa tragada de maconha,
Numa destilação de cocaína,
Numa ilusão de tantas outras drogas:
Seja a liberdade
De não te entregares aos teus vícios de malandragem!
Seja a necessidade da busca
Dentro de ti mesmo,
Onde estão resguardados
Os princípios da tua ingente realidade:
Tu és a tua própria droga
Que precisa de salutares reparos
Num continuísmo
À depuração do teu espírito...



Nenhum comentário:

Postar um comentário