Loading...

sábado, 12 de junho de 2010

SOBRE A LOUCURA


Cumpre-me dizer
Que a minha lucidez se estremece
Diante a onipotência do criador
De todas as coisas dos universos infinitos...
Que a minha lucidez se estremece
Quando eu vejo criancinhas passando fome
E todas as necessidades inadmissíveis...
Cumpre-me dizer
Que a minha lucidez estremece
Quando ouço o meu pensamento me dizer
Que eu não posso ser lúcido
Sem a ingestão dos controlados...
Como fazer bons poemas
Sobrecarregado de medicações?
Eu já fui muito mais feliz,
E muito mais lúcido,
Quando eu desconhecia
A minha psiquiatria
Louca de doer...



Nenhum comentário:

Postar um comentário