Loading...

domingo, 27 de junho de 2010

O MEU EU-POÉTICO

Como eu sou egocêntrico
 Pois os meus poemas falam literalmente de mim.
 Eu tento ser menos concêntrico,
 Mas eu não consigo enfim...
 Já virou minha mania e meu estilo
 Esta desenvoltura de descrever as minhas vagas emoções...
 Sou uma tonelada daquilo
 Tentando escanear as imagens das canções...
 Mas eu sou tão desimportante
 Que não espero alguns aplausos (nem ovação)
 Em nenhum instante
 Da minha tênue crucificação...
 A única coisa que eu tenho ao meu favor
 É que na poesia quem fala é sempre o EU-POÉTICO,
 Mas meu Deus, que horror,
 Eu preciso ser menos ÉTICO...

(por Fernando Pellisoli)

Nenhum comentário:

Postar um comentário