Loading...

sábado, 26 de junho de 2010

LOUVORES INSCIENTES

As bocas oprimem
 Os elos das gargantas repelentes...
 As vozes comprimem sugados louvores inscientes.
 Estes corações decepados
 Derramam lágrimas ensangüentadas.
 Os homens apaixonados deglutiram-se com facadas...
 Estas desgraças aviltantes
 Invadem os mundos inferiores;
 Mas as cigarras cantantes não sentem dores.
 Estes espetáculos adversos
 Descrevem a malícia desta vida
 - na pena dos meus versos
 [a viagem é pressentida...

(por Fernando Pellisoli)



Nenhum comentário:

Postar um comentário