Loading...

sábado, 26 de junho de 2010

ATRAVESSANDO FRONTEIRAS

 Os meus valores maduros
 Transcendem da vã filosofia
 E os meus olhos vistosos já são adultos
 Nesta teosofia pré-histórica

 Carrego o peso da desgraça
 Como o vento soprando folhas espalhadas
 E minha alma imponente e garrida
 Versifica poemas nas entrelinhas

 Os meus segredos espirituais
 São cascatas descendo a ribanceira
 E dos ensinamentos teosóficos
 No espiritismo tenho a mente alerta

 Navego noutros mundos
 Como estas naves extraterrestres
 Que nos observam com olhos angustiantes
 À ignorância dos humanos

 Creio na reencarnação
 Como um discípulo da eternidade
 E atravesso os horizontes das nebulosas
 Pra despertar o meu espírito

(por Rafael Gafforelli)



Nenhum comentário:

Postar um comentário