Loading...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

VERSOS AGONIZANTES

A impiedade dos poderosos
 Nos sofridos braços dos trabalhadores
 Na trituradora do orgulho duma avalanche cruel

 As vibrações satânicas
 São serpentes deslizando nos mares
 E as mãos vulcânicas explodindo ventanias tênues

 A coerção dos direitos
 Nesta prisão de versos assassinos
 E os réus profanos não passam de adolescentes...

 As mansões infernais
 Como a louca luxúria faz sua morada
 E os desesperados carnais roubam o povo lacrimoso

 Ó libertem o meu povo
 Seus vermes carnívoros de meninas puras
 E eu vomito de novo na escuridão de vossas mentes!

(por Rafael Gafforelli)

Nenhum comentário:

Postar um comentário