Loading...

sábado, 12 de junho de 2010

SOBRE A FELICIDADE



Procuras em vão
A tua felicidade e não a encontra
Nos teus dias turbulentos repletos de fadiga.
Os teus momentos alegres
São sempre quase que insignificantes
Diante da tristeza do teu tédio.
Procuras em vão
A tua felicidade e não a encontra
No teu trabalho, nos afazeres do lar
E nas aporrinhações dos teus filhos.
Vives em sociedade;
Mas não consegue fugir da tua solidão:
Fugir de ti mesmo.
Fugir do teu vazio incomensurável...
Procuras em vão
A tua felicidade e não a encontra
Porque a felicidade, meu irmão,
Não é deste mundo...





Nenhum comentário:

Postar um comentário