Loading...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

RELUZINDO



 As luzes azuladas
 Deste amor aventurado
 Como as estrelas que cintilam
 Diante de nossos olhares maravilhados
 São como as flores que desabrocham lindas
 Nos apelos da nossa eternidade
 Na impotência dos tempos...

(por Juliano Alves)





Nenhum comentário:

Postar um comentário