Loading...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

QUERO-QUERO

Quero a liberdade do povo
 Quero a suplementação da política
 Quero a face do novo na conclusão destemida

 Quero o corpo da prostituta
 Quero o revoar da minha borboleta
 Quero o olhar de luta no gosto do teu fascínio

 Quero a liberdade dos mares
 Quero navios adentrando oceanos
 Quero navegar ares mitos pós-modernistas

 Quero praças abarrotadas
 Quero a nua passarada paradoxal
 Quero o amor nas calçadas do subconsciente

 Quero a minha poesia da veia
 Quero o silêncio versátil das estrelas
 Quero o apocalipse da ceia luzes por luminária

(por Rafael Gafforelli)







Nenhum comentário:

Postar um comentário