Loading...

domingo, 27 de junho de 2010

ALEGRIAS INÚTEIS


o Inocentes criaturas,
• Amparadas nas rédeas do destino,
• São bestas incertas e impuras
o Na face de um menino...
 Gulosos sentimentos
 Atropelando a sanidade destratada,
 E os vendavais dos ventos
 Dando uma tragada...
 Reflexos perniciosos
 De um materialismo insensível,
 Onde os gestos orgulhosos
 Ultrapassam o crível...
 Alegrias – todas inúteis,
o Profanam o templo da santidade:
 Procuras tênues e fúteis
 Desviando da verdade...

(por Fernando Pellisoli)

Nenhum comentário:

Postar um comentário