Loading...

domingo, 14 de fevereiro de 2010

UM VELHO LOUCO

Eu tenho um inimigo de carteirinha
Ele está sempre a me humilhar e me diminuir com ofensas

Todos o chamam de velho louco
Mas ele diz que apesar de ter colaborado em espalhar a sua loucura
Que de louco ele só tem mesmo é a aparência

Parece que ele adora a boa leitura
E costuma ler cinco livros simultaneamente
Só para não perder o hábito da leitura e driblar o tempo

Eu acho que ele não absorve quase nada da literatura
Pois é um velho ranzinza e grosseiro

Dizem as más línguas da vizinhança que ele toma os controlados
E se não toma eu penso que ele deveria tomar

Mais do que leitura, ele precisa mesmo é de psiquiatria
Mas eu sou mais louco do que ele, pois sou sem contestação
Seu amigo verdadeiro e seu poeta ouvinte

Pois o velho louco fala mais que dez mulheres juntas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário