Loading...

domingo, 14 de fevereiro de 2010

O DESEJO É INSACIÁVEL

Tenhamos ou não consciência
Todos os nossos desejos são tolos e insaciáveis

O desejo é fruto da infelicidade
Que povoa os nossos corações de ingenuidade
Alastrando as decepções provenientes de nossas desilusões

Tenhamos ou não consciência
Somos todos objetos de frustrações momentâneas

Desejar mais é estar insatisfeito
É querer da vida mais do que ela pode oferecer
E a perda de um desejo material pode nos levar ao suicídio

Tenhamos ou não consciência
A reflexão é a única que poderia nos aproximar

Das verdades ocultas do espírito

Nenhum comentário:

Postar um comentário