Loading...

domingo, 14 de fevereiro de 2010

CANÇÃO DE NINAR DEFUNTO

Dormes em paz meu amor
Que o bicho-papão não vem te pegar

Enquanto tu dormes no teu pedestal
O teu cheiro de rosa vermelha me apaixona
E as duas estrelas nos meus olhos te iluminam versos

Um silêncio profundo te guarda
E nas tuas dores tu não podes mais escarnecer

Então dormes o sono dos justos
Que na próxima encarnação vou te amar novamente

Mas que seja bem devagarzinho
Para não assustar os lampejos do meu êxtase

Dormes em paz meu amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário