Loading...

domingo, 4 de julho de 2010

LUZEIROS ANORMAIS



 Intensas luzes ofuscantes
 Invadem os meus sentidos deslumbrados

 Um morrer incomensurável
 Faz-me transcender das coisas materiais
 E minha espiritualidade aflora em meus poros

 Se viver é muito maravilhoso
 Morar nos espaços siderais é esplendoroso!

 Se ainda estou na Terra viscosa
 É que não completei a minha expiação
 E minha obra artística ainda está se desvelando

 Espectros da minha genialidade
 Pululam em minhas emoções mais vibrantes!

 Os sóis da minha vida inconstante
 Disciplinam a minha arte pungente extremada
 E o córrego da minha inspiração alastra-se vertiginoso

 Ó sonhos criadores das artes
 Quero a imortalização das loucuras escarpadas!

(por Fernando Pellisoli)




Nenhum comentário:

Postar um comentário