Loading...

domingo, 4 de julho de 2010

INSTANTES TENEBROSOS

 Paisagens aquarteladas de sangue
 Coagulando a eternidade em tempos geométricos

 Peregrinações de corpos esfacelados
 Movimentando a religiosidade cega alienante
 Como os cavalos baios troteando nas mesmas direções

 Pinceladas de angústias esféricas
 Estonteando sentimentos enturvados nos ópios

 Loucuras viscerais das estrelas
 Cintilando as alucinações expiatórias
 Como os pássaros defecando os excrementos voadores

 Ó indulgências religiosas romanas
 Sorvendo os gordos rebanhos de desumanidades!

 Acidentes gravíssimos indigestos
 Deformando as belezas da natureza triste
 Enquanto os motores da pós-modernidade incitam-se

 Estas travessias sociais melodramáticas
 Que escravizam os homens fragilizados nas dores

 São apenas instantes tenebrosos!

(por Fernando Pellisoli)



Nenhum comentário:

Postar um comentário