Loading...

sexta-feira, 2 de julho de 2010

DURAS VERDADES

O teu sorriso é todo falso
 Como se a tua boca usasse dentadura,
 Mas na minha poesia eu te alço
 Como uma inútil ferradura...
 [A tua vida é triste como a minha.
 [Talvez eu apenas sofra muito mais:
o [Enquanto a minha alma é sozinha,
o [As tuas alegrias são teus ais...
 E o teu eterno fingimento,
 De tingir o teu sofrimento de belo,
 É o vácuo vil do teu sentimento
 [onde eu me deito e me velo...

(por Fernando Pellisoli)


Nenhum comentário:

Postar um comentário